quinta-feira, 31 de maio de 2012

Pet Hotel - Cuidados com os dias frios

O outono ainda está no meio e já começamos a ter dias mais curtos que começam frios e esquentam (ou não, dependendo das frentes frias) e noites e madrugadas que chegam a temperaturas muito baixas.

É bom lembrar que os animais também sentem frio, principalmente os de pêlo curto ou sem pêlos (como vemos em raças de cães e gatos). 

Por isso, é muito importante oferecer um abrigo e até cobertas para os animais, para impedir que possam morrer de frio ou sofrer com as consequências das noites geladas.

Um exemplo para isso: cães idosos tendem a possuir um grande desgaste da coluna, que pode ser observado por raio-X como hérnia de disco e "bico de papagaio", problemas muito conhecidos também entre os seres humanos. Em épocas frias, pode haver "crise", onde os proprietários observam uma dificuldade do pet se levantar e/ou até parecer estar paralizado parcial ou totalmente.Isso se deve pelo próprio frio, que causa imensa dor na região afetada da coluna. As pessoas que possuem tais problemas de saúde sabem quão dolorosa é a crise de dor e que a mesma impede sua mobilidade. Um modo de prevenir (não tratar, pois isso, só com orientação veterinária e confirmação por radiografia da coluna) é permitir que o animal fique aquecido. Há também outras doenças que causam muita dor articular, como artrites e artroses e requerem os mesmos cuidados.

As doenças comuns de inverno também aparecem: de viroses a bactérias e até fungos, visto o tempo bem úmido. Outro motivo importante para deixar os animais abrigados.

- Se seu cão for acostumado, use roupinhas que o aqueçam;

- Brinque sempre com seu cão. Além de permitir que ele fique calmo, ele ficará aquecido enquanto interagir com você.

Outros cuidados para ajudar no frio:

- Leve seu pet para passear somente nos horários em que haja sol;

- Ofereça mais ração do que a quantidade normalmente oferecida (acrescente entre 1 xícara de chá ou 1 e1/2 xícara de chá). Manter o corpo aquecido requer mais energia, por isso, os animais sentem mais fome nos dias frios;

- Só dê banho nos animais em dias quentes e em horários entre 8 e 13hs, pois o corpo do animal secará completamente antes de anoitecer, quando a temperatura do ambiente cai muito;

- Deve-se evitar tosar os cães, pois os pêlos são sua principal proteção;

No caso dos gatos vale mais algumas observações
-não esqueça de observar se eles estão dormindo dentro do motor do carro antes de sair de casa; Bata no capô para verificar;

-Deixe os pêlos do bichano sempre secos;

- Deixe o cantinho em que o gato dorme sempre aquecido.
E quando falamos em pássaros:

- Cubra seus viveiros ao anoitecer com um lençol ou coberta;

- Não dê banhos caso você costume borrifar água para banhá-los;

- Não deixe as gaiolas/viveiros expostos ao vento e ao sol; 

- Não esqueça de sempre verificar suas aves. Elas demoram a mostrar que estão doentes ou debilitadas, mas podem apresentar um comportamento levemente diferente. Para isso, você deve conhecer muito bem seus pássaros. Lembre-se que, se ele já apresentar sintomas, como tosse, estar rouco ou arrepiado, ele já está doente há um bom tempo, podendo significar que seu estado na verdade é grave.
Outras espécies: Não esqueça que répteis são dependentes da temperatura ambiente. Se estiver muito frio, tendem a dormir e não se alimentam adequadamente. Com isso, podem ter problemas nutricionais e de metabolismo (se por exemplo, tiverem se alimentado e dormirem muito tempo, a comida literalmente apodrecerá dentro de seu organismo, o que pode vir a causar o óbito do animal. Converse com um veterinário sobre as condições adequadas.

Na verdade, independente da espécie, se você possue alguma dúvida, consulte sempre um profissional para evitar problemas de saúde em seu pet. O LP_Pet Hotel disponibiliza o serviço Personal Vet, onde nossa veterinária, Dra. Roseli B. Martins vai em sua casa e tira todas as dúvidas, assim como orienta sobre a "casa" de seu pet e sua alimentação. Um serviço exclusivo para Granja Viana e região próxima. Agende sua consultoria: (11)9602-4120.





Nenhum comentário:

Postar um comentário