domingo, 25 de março de 2012

Pet Hotel: Cuidados com fêmeas gestantes - Hipocalcemia

Uma grande dúvida observada quando se fala em gestação de cadelas é com relação aos cuidados que devemos ter com as futuras mamães.

Quando você planeja que seu pet vai ter uma ninhada, lembre-se que haverá muitas mudanças no organismo da cadela, desde hormonais a metabólicas num curto período (o tempo de gestação normalmente é entre 58 a 63 dias).

É importante que a fêmea mantenha atividade física praticamente normal para não engordar muito, assim como deve receber ração de filhote desde o momento em que o cruzamento é planejado ou pelo menos uma fonte de cálcio, como leite desnatado, acrescentado diariamente a partir dessa mesma época citada.

Mas qual a importância do cálcio? Como a gestação é de curta duração, o desenvolvimento dos fetos é proporcional a esse tempo e isso faz com que os futuros filhotes "roubem" dentre todos os nutrientes que se alimentam de sua mãe, principalmente o cálcio. Se a mãezinha não receber durante a gestação cálcio suficiente, após o parto, seja poucas horas, dias ou até semanas depois do parto ela poderá apresentar Hipocalcemia, que, como o nome diz,é a falta de cálcio, que é intensificada pela alta produção de leite para a ninhada. Por isso, seu quadro é agudo e repentino.
A hipocalcemia em animais também é chamada, erroneamente, de eclâmpsia. Gatas também podem apresentar essa alteração metabólica.

Dentre os sintomas, encontramos:  - tremores generalizados;
                                                        - incoordenação motora;
                                                        - fraqueza;
                                                        - aumento da temperatura corporal;
                                                        - respiração acelerada e ofegante;
                                                        - convulsões.

Se não detectada e tratada a tempo, a cadela pode vir a óbito.

A nível de diagnóstico, o cálcio do sangue deve ser dosado, mas com os sintomas e o fato da fêmea estar com ninhada recente já indicam que o tratamento deve ser feito de modo imediato, pelo veterinário.

No caso da mamãe ter hipocalcemia, além do tratamento veterinário, a ninhada deverá receber alimentação extra, por mamadeira, também a ser indicada pelo profissional, visto que não haverá produçao suficiente de leite materno, além de poder causar uma piora no quadro de hipocalcemia enquanto não houver o equilíbrio adequado.

Por isso, lembre-se sempre de consultar o médico veterinário. O hotelzinho Little Pets disponibiliza consultas a domicílio e o serviço Personal Vet com sua médica veterinária, dra. Roseli B. Martins. Agende seu horário: (11)9602-4120. Serviços disponíveis para Cotia, Embu (centro histórico) e regiões próximas à Raposo Tavares.

Saúde deve ser levada a sério. Cuide sempre de seu animalzinho.